Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama

02/10/2017

Foto: Divulgação/Femama 

 

O câncer de mama é uma das doenças que mais acometem e matam pessoas no Brasil. Porém, se for diagnosticado precocemente as chances de cura podem chegar a 95%, conforme dados da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama). Para conscientizar a população sobre a importância de buscar informações sobre a doença e enfrentá-la, a sociedade mais uma vez se une no “Outubro Rosa”. A campanha nacional chega à sua 10ª edição com o mote “#PacientesNoControle – Atitude Exige Coragem”. Por meio da iniciativa, a Femama chama atenção também para os direitos de quem luta contra a patologia, que garantem acesso ao diagnóstico e tratamento.

De acordo com a Fundação de Economia e Estatística (FEE), o Rio Grande do Sul possui a terceira maior taxa de mortes por câncer de mama entre mulheres com mais de 20 anos no Brasil – atrás apenas do Distrito Federal e do Rio de Janeiro, primeira e segunda capitais no ranking, respectivamente. Entre 2001 e 2013, a taxa do RS aumentou aproximadamente 13%, segundo aponta o mesmo estudo. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) alerta para os cerca de 960 mil novos casos de câncer que devem ser diagnosticados no país em 2017. Destes, em torno de 60 mil são de mama. Milhares de pacientes e suas famílias convivem atualmente com a doença.

 

Mobilização
A campanha #PacientesNoControle promove uma mobilização online, em prol de projetos de lei (PL) em tramitação na Câmara dos Deputados relativos ao acesso ao diagnóstico e ao tratamento do câncer, para que se tornem direitos efetivos para doentes oncológicos no país. Entre eles, está um PL que determina a realização do diagnóstico em até 30 dias no Sistema Único de Saúde (SUS), entre a suspeita e a confirmação da patologia em biópsia.

Outro trata da inclusão de testes que apontem mutação nos genes BRCA1 e BRCA2 no SUS, capazes de avaliar a predisposição ao câncer de mama em mulheres com alto risco para a doença, permitindo medidas preventivas. Saiba mais sobre as ações no site da Femama ou da campanha e entre nessa corrente do bem!

 

Please reload

Mais recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

Inove com a MultiComunicação: ideias criativas, resultados surpreendentes!

 

Siga-nos nas redes sociais:

 

 

 

© 2015 MultiComunicação

  • LinkedIn - MultiComunicação